, ,

A agenda do Papa no G7: previsão de dez encontros bilaterais

A agenda do Papa no G7: previsão de dez encontros bilaterais

A cúpula começou nesta quinta-feira no sul da Itália (13/06)

Francisco participa da cúpula em Borgo Egnazia, na região italiana da Puglia, nesta sexta-feira, 14 de junho, para participar de uma sessão sobre inteligência artifical, proferindo um discurso público. Primeiro, deve encontrar de forma reservada: Georgieva, Zelensky, Macron, Trudeau. Em seguida, está programada para a tarde uma segunda parte de reuniões com Ruto, Modi, Biden, Lula, Erdoğan e Tebboune.

Dez encontros bilaterais e um discurso público irão marcar a sexta-feira, 14 de junho, do Papa Francisco no G7, que teve início nesta quinta-feira, dia 13 em Borgo Egnazia, na Puglia. O anúncio foi feito pela Sala de Imprensa da Santa Sé ao divulgar o programa da visita preparado pela Prefeitura da Casa Pontifícia.

O Papa parte às 11 horas locais do heliporto do Vaticano para aterrissar depois de cerca de uma hora e meia no campo esportivo do resort, local da cúpula, a 60 Km da capital Bari. O hotel está hospedando nestes dias o grupo intergovernamental informal de 7 países economicamente avançados.

Primeira parte das conversas bilaterais

Recebido pela presidente do Conselho de Ministros da Itália, Giorgia Meloni, o Pontífice será transferido em carro de golfe para a residência reservada, onde está previsto um primeiro bloco de conversas bilaterais com: Kristalina Georgieva, diretora-geral do Fundo Monetário Internacional; Volodymyr Zelenskyy, presidente da Ucrânia; Emmanuel Macron, presidente da França; e Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá.

O discurso do Papa

Em seguida, a primeira-ministra italiana dará as boas vindas oficiais ao Papa na corte de Borgo Egnazia, onde o Pontífice vai participar da sessão comum sobre o tema da inteligência artificial, no Salão da Arena, fazendo um discurso. Os discursos dos outros participantes seguirão na sequência.

Outros encontros bilaterais

Na segunda parte, a partir das 17h30 locais, está prevista a foto oficial de todos os participantes. Em seguida, o programa prevê uma nova sessão de encontros bilaterais com: William Samoei Ruto, presidente do Quênia; Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia; Joseph Biden, presidente dos Estados Unidos; Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil; Recep Tayyip Erdoğan, presidente da Turquia; e Abdelmadjid Tebboune, presidente da Argélia.

No final, o helicóptero com o Papa a bordo decola do campo esportivo de Borgo Egnazia em direção ao heliporto do Vaticano, onde o pouso deverá ocorrer por volta das 21h15min desta sexta-feira, dia 14.

Categorias